GEMInIS

Recursos composicionais aplicados à trilha musical de videogames como elementos narrativos e de gameplay: O exemplo de yasunori mitsuda e sua composição para chrono cross | Valente Roveran | Revista GEMInIS

Ainda relembrando nossa segunda edição da Revista GEMInIS de 2014 “Televisão e Convergências”, confira o artigo de Abordagens Multiplataformas “Recursos composicionais aplicados à trilha musical de videogames como elementos narrativos e de gameplay: O exemplo de Yasunori Mitsuda e sua composição para Chrono Cross”, escrito por Luiz Fernando Valente Roveran e Yara Borges Caznok:

RESUMO
Este artigo visa evidenciar o uso de técnicas e recursos de composição musical como elementos de auxílio construtivo às outras partes constituintes de um jogo eletrônico – especialmente a narrativa e seu gameplay. Isto foi feito através da análise da trilha musical de um consagrado RPG japonês – Chrono Cross (1999) – e considerando sua ligação com o game como um todo. Os resultados apontam para uma relação intrínseca entre música e a mídia à qual se associa, além de uma clara preocupação do compositor Yasunori Mitsuda em buscar uma unidade estética e funcional.

Recursos composicionais aplicados à trilha musical de videogames como elementos narrativos e de gameplay: O exemplo de yasunori mitsuda e sua composição para chrono cross | Valente Roveran | Revista GEMInIS

Recursos composicionais aplicados à trilha musical de videogames como elementos narrativos e de gameplay: O exemplo de yasunori mitsuda e sua composição para chrono cross

Fonte

setembro 23, 2016