GEMInIS

YOUTUBE: CONTEÚDOS SOB DEMANDA E NEGÓCIOS NA LÓGICA DA GRATUIDADE | Affonso Penner | Revista GEMInIS

Confira o artigo “YOUTUBE: CONTEÚDOS SOB DEMANDA E NEGÓCIOS NA LÓGICA DA GRATUIDADE” publicado na última edição da Revista Geminis e realizado por Tomaz Affonso Penner e Maria Cristina Palma Mungioli.

RESUMO: O artigo discute o cenário midiático atual, marcado por fortes transformações relacionadas à cultura da convergência (Jenkins, 2008) que atingem os sistemas de televisão em seus modelos broadcasting e narrowcasting. Situando o YouTube como um expoente no crescente cenário de distribuição de conteúdos audiovisuais sob demanda – ou Video on Demand (VoD) – no Brasil, analisa-se seu modelo de negócios baseado na gratuidade. Diferentemente de outras plataformas, o YouTube oferece conteúdos sem custos diretos aos usuários e apresenta modelos de capitalização originais e diversos de formatos de assinatura ou aluguel de produções que vêm se popularizando. Esse modelo de negócios tem como moeda de troca a quantidade de acessos e visualizações do anúncio constitui-se como uma forte tendência nos padrões de capitalização experimentados pela recente ascensão do VoD no Brasil e no mundo.

YOUTUBE: CONTEÚDOS SOB DEMANDA E NEGÓCIOS NA LÓGICA DA GRATUIDADE | Affonso Penner | Revista GEMInIS

YOUTUBE: CONTEÚDOS SOB DEMANDA E NEGÓCIOS NA LÓGICA DA GRATUIDADE

Fonte

julho 28, 2017

0 responses on "YOUTUBE: CONTEÚDOS SOB DEMANDA E NEGÓCIOS NA LÓGICA DA GRATUIDADE | Affonso Penner | Revista GEMInIS"

Deixe sua mensagem