GEMInIS

O HIP HOP E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE CULTURAL ACÊNTRICA: ESPAÇOS DE FORMAÇÃO INFORMAL E APRENDIZADO | de Paula Xavier | Revista GEMInIS

Confira o artigo “O HIP HOP E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE CULTURAL ACÊNTRICA: ESPAÇOS DE FORMAÇÃO INFORMAL E APRENDIZADO” publicado na nova edição da Revista Geminis e realizado por Juarez Tadeu de Paula Xavier, Carolina Bataier e Meiriane Jordão da Silva.

RESUMO: Em pesquisa realizada com jovens de 14 a 23 anos, estudantes da rede pública de ensino e vinculados ao movimento Hip Hop, nota-se que o conteúdo oferecido sob demanda na Internet funciona como uma alternativa à educação tradicional a que esses jovens têm acesso em sala de aula. O conteúdo da série The Get Down traz a esses jovens informações que vão além do que é visto dentro do ambiente da sala de aula convencional, além de despertar a curiosidade por temas unilaterais que dentro do ambiente de sala ficam de fora do curriculum estabelecido pelo governo Estadual, levando em consideração os saberes adquiridos na vida do indivíduo.

O HIP HOP E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE CULTURAL ACÊNTRICA: ESPAÇOS DE FORMAÇÃO INFORMAL E APRENDIZADO | de Paula Xavier | Revista GEMInIS

O HIP HOP E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE CULTURAL ACÊNTRICA: ESPAÇOS DE FORMAÇÃO INFORMAL E APRENDIZADO

Fonte

julho 26, 2017