GEMInIS

Materialidade e memória do Rio de Janeiro nas fotografias de Augusto Malta e do projeto Rio 365 | Gauziski | Revista GEMInIS

Em 2013, o grupo GEMInIS publicou uma Separata Especial de pré-lançamento da I Jornada Internacional GEMInIS (JIG 2014) com a temática de “Manifestações de Rua”. Relembre um de seus artigos, publicado no Espaço Convergente, “Materialidade e memória do Rio de Janeiro nas fotografias de Augusto Malta e do projeto Rio 365”, escrito por Débora Gauziski, Fausto Amaro e Fernando do Nascimento Gonçalves:

RESUMO
Neste artigo investigamos a relação da fotografia com a produção e difusão de imagens da cidade do Rio de Janeiro em dois momentos distintos: durante a modernização de Pereira Passos (início do século XX) e no Rio dos megaeventos (século XXI). Em ambos os períodos históricos, a cidade sofreu profundas transformações urbanísticas e a fotografia atua como importante agente nesse processo. Para analisar o papel que a fotografia tem nesse contexto, trabalhamos com as imagens clicadas pelo fotógrafo Augusto Malta e com aquelas produzidas por usuários do Instagram no contexto do projeto Rio 365. Ao longo do artigo, nossa base teórica concentra-se em autores que trabalham ou tangenciam as questões da memória e da materialidade.

Materialidade e memória do Rio de Janeiro nas fotografias de Augusto Malta e do projeto Rio 365 | Gauziski | Revista GEMInIS

Materialidade e memória do Rio de Janeiro nas fotografias de Augusto Malta e do projeto Rio 365

Fonte

novembro 18, 2016