GEMInIS

Conversas sobre transmedia storytelling: alternativas produtivas – Entrevista com Rafael Nunes | Castilho | Revista GEMInIS

Confira na íntegra a entrevista feita com Rafael Nunes e escrita por Fernanda Castilho, “Conversas sobre transmedia storytelling: alternativas produtivas – Entrevista com Rafael Nunes”, publicada no Espaço Convergente da segunda edição da Revista GEMInIS do ano de 2014, “Televisão e Convergências”:

RESUMO
Rafael Antunes realizou recentemente em Portugal projetos de ficção orientados pela lógica transmedia aplicada ao storytelling. Tanto Lápis Azul como Mutter conseguiram ter impacto na mídia portuguesa, mas o produtor admite que ainda existe um grande abismo entre os projetos transmídia e a lógica de produção tradicional do cinema e da televisão. Rafael Antunes integra o projeto CIAKL, European course in entrepreneurship for the creative industries, que envolve várias Universidades Europeias e empresas do ramo na procura de novos modelos de negócio para as indústrias criativas. Para além disso, desenvolve o seu doutoramento em Ciências da Comunicação na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, instituição que tem apoiado o desenvolvimento dos seus projetos em conjunto com a emissora SIC (Sociedade Independente de Comunicação), na qual trabalha desde 2001. O seu currículo ainda conta com a realização de curtas-metragens premiados por festivais portugueses.

Conversas sobre transmedia storytelling: alternativas produtivas – Entrevista com Rafael Nunes | Castilho | Revista GEMInIS

Conversas sobre transmedia storytelling: alternativas produtivas – Entrevista com Rafael Nunes

Fonte

outubro 10, 2016