GEMInIS

Beijos e abraços pelo whatsapp no telejornalismo local: análise do ms record de campo grande, ms | Tellaroli | Revista GEMInIS

Confira na íntegra artigo “Beijos e abraços pelo whatsapp no telejornalismo local: análise do MS Record de Campo Grande, MS” escrito por Taís Marina Tellaroli e Cláudia Regina Ferreira Anelo, e publicado na nova edição da Revista GEMInIS Abordagens Multiplataformas “Fãs, Ativismo e Redes: Mídia Livre do quê?”:

RESUMO
Este trabalho analisa o conteúdo das interações feitas entre telespectador e apresentador por meio do WhatsApp no telejornal MS Record, afiliada da Rede Record de Campo Grande, MS. Observou-se que além de assuntos classificados dentro de editorias como polícia, cidades, entre outros, há aqueles considerados não-jornalísticos no processo de interação. São pedidos de beijos e abraços que os telespectadores fazem à apresentadora a fim de que ela demonstre sua afetividade ao vivo. A partir desse aspecto, a pesquisa também analisa a figura da apresentadora numa relação de ídolo-fã com seu público, inserida no contexto da cultura de participação (JENKINS, 2008). Isso mostra que a emissora afiliada tem explorado os recursos possibilitados pelas tecnologias digitais. No entanto, o gênero jornalístico, dessa forma, tem perdido parte de sua identidade.

Beijos e abraços pelo whatsapp no telejornalismo local: análise do ms record de campo grande, ms | Tellaroli | Revista GEMInIS

Beijos e abraços pelo whatsapp no telejornalismo local: análise do ms record de campo grande, ms

Fonte

outubro 3, 2016