GEMInIS

Jogos Vorazes e a questão da distopia na série de filmes de Gary Ross E Francis Lawrence | da Silva Cordeiro | Revista GEMInIS

Confira o artigo “Jogos Vorazes e a questão da distopia na série de filmes de Gary Ross E Francis Lawrence”, escrito por Marcus Augusto da Silva Cordeiro, Beatriz Silva Goes e Wilson de Souza Nogueira, e publicado na nova edição da Revista GEMInIS Espaço Convergente “Fãs, Ativismo e Redes: Mídia Livre do quê?”:

Neste trabalho buscamos analisar a série cinematográfica de filmes Jogos Vorazes, adaptada dos livros homônimos de Suzanne Collins, com o objetivo de compreender como essa saga se tornou um sucesso de bilheteria. Nesse sentido, é proposta uma análise fílmica da quadrilogia com discussão sobre as referências literárias e audiovisuais dos filmes, com destaque para Admirável Mundo Novo e 1984 e suas adaptações. Por fim, conclui-se que a saga Jogos Vorazes confronta temáticas como opressão do Estado, declínio econômico e manipulação das mídias de massa numa extensão de amplitude raramente vista no atual sistema de produção comercial de Hollywood.

Jogos Vorazes e a questão da distopia na série de filmes de Gary Ross E Francis Lawrence | da Silva Cordeiro | Revista GEMInIS

Jogos Vorazes e a questão da distopia na série de filmes de Gary Ross E Francis Lawrence

Fonte

setembro 16, 2016