GEMInIS

Hashtag controvérsias: ações, vínculos temporários e ativismo feminista em rede sociotécnica | Azambuja | Revista GEMInIS

Confira o artigo “Hashtag controvérsias: ações, vínculos temporários e ativismo feminista em rede sociotécnica”, escrito por Patrícia Azambuja e Ana Paula Pereira Coelho, e publicado na nova edição da Revista GEMInIS Dossiê “Fãs, Ativismo e Redes: Mídia Livre do quê?”:

RESUMO
A percepção de movimentos sociais, culturais e midiáticos cada vez mais complexos nos induzem à busca por procedimentos metodológicos com potencial para refletir em torno desse imaginário e das formas emergentes de sociabilidade. O trabalho a seguir busca na compreensão da Teoria Ator-rede (TAR) como método, experimentar a sua aplicação em um estudo empírico, que partindo de uma análise mais estrutural da rede de ativistas em torno do evento 28 de setembro: dia de luta pela descriminalização do aborto na América Latina, traça um mapa de associações híbridas, controvérsias nem sempre explícitas, vínculos e rastros deixados pelos actantes em ação. A partir desse coletivo heterogêneo de estabilizações provisórias, buscamos compreender a dinâmica de circulação de informações que partem das redes digitais rumo a uma materialização possível junto à sociedade civil organizada.

Hashtag controvérsias: ações, vínculos temporários e ativismo feminista em rede sociotécnica | Azambuja | Revista GEMInIS

Hashtag controvérsias: ações, vínculos temporários e ativismo feminista em rede sociotécnica

Fonte

agosto 16, 2016