GEMInIS

Revista GEMInIS n. 1 ano 6 – Dossiê: Design de Mídias

capa

Acesse a nova edição

Está nas nuvens a décima edição da Revista GEMInIS, uma publicação do “Grupo de Estudos sobre Mídias Interativas em Imagem e Som” – PPGIS/UFSCar. Este número é dedicado a discutir o Design de Mídias, onde a proliferação de telas, plataformas e serviços midiáticos contornam um ambiente de complexidades para a criação, distribuição e consumo de conteúdos pelas mídias. O dossiê temático se propõe a pensar o design com um conceito chave na comunicação – em que o fazer se  alia com a teoria para lidar com os desafios que a convergência midiática impõe. Um campo que se associa com diversas áreas do conhecimento com a finalidade de reelaborar ideias e práticas diante de questões trazidas pelo atual arranjo das informações em rede.

Os sete artigos reunidos para o dossiê analisam de diferentes ângulos a questão do Design de Mídias: Sérgio Nesteriuk (UAM) busca ampliar as noções tradicionalmente associadas ao design, entendendo como necessário o diálogo interdisciplinar com outros campos do saber; Heitor Pinheiro de Rezende (UAM) e Vânia Ribas Ulbricht (UFSC) analisam o programa Superstar, da Rede Globo, para tratar sobre como a relação entre a tramídia e o design de interação influência as práticas comerciais na televisão aberta brasileira; Gilberto Pereira Salgado Júnior (UNIFRAN) e Naiá Sadi Câmara (UNIFRAN) analisam as extensões midiáticas da franquia de videogames Halo para tratar o design na concepção das narrativas transmídias;  Marcos André Fabrício (UNESP), Matheus Henrique Bonetti (UNESP), Nicholas Bruggner Grassi (UNESP), Vânia Cristina Pires Nogueira Valente (UNESP) e Humberto Ferasoli Filho (UNESP) discutem sobre como a gamificação pode auxiliar o tutorial a motivar seus usuários por meio da utilização de técnicas do design de jogos digitais; Diogo Rógora Kawano (USP), Eva Jussara Carvalho Furtado (USP) e Leandro Leonardo Batista (USP) fazem uma reflexão interdisciplinar entre o design, a publicidade e a neurociência, a fim de discutir como os estudos envolvendo a metodologia do eye tracking ajudam a compreender a experiência dos usuários nas mídias; Dafne Pedroso (UNOCHAPECÓ) e Marcos Vinícius Weber Feijó (UNOCHAPECÓ) teorizam sobre metodologias projetuais provindas do campo do design, com o intuito de compreender, refletir e gerar ferramentas do design de conteúdo; Alexandre Braga (PUC-SP) se dedica a discutir questões relativas à interface humano-computador cujas funções são definidas como sistema.

Além dos temas centrais que fazem parte desta edição, gostaríamos de destacar os artigos que foram reunidos especialmente nas demais seções da revista: “Abordagens Multiplataformas”, com artigos que abordam temas como a animação interativa na internet, os processos por trás das franquias televisivas, os conteúdos multiplataformas para programas de televisão, o conceito de webséries, dentre outros. Na seção “Espaço Convergente” temos trabalhos que abordam o audiovisual da Amazônia;  análise da performance audiovisual Corpo 4K, dirigida por Almir Almas; a cultura do corpo nas redes sociais através da prática do selfie; fotografia e as interfaces digitais; e o telejornalismo no ambiente convergente.

Esta edição está nas nuvens graças ao trabalho generoso e árduo realizado pela Equipe de Editores. O agradecimento é extensivo a todos os autores que participaram deste número e também aos pareceristas e colaboradores pela leitura atenta e minuciosa, ajudando-nos na seleção dos artigos a serem publicados.

A equipe editorial deseja a todos uma boa leitura!

João Carlos Massarolo
Editor Responsável

julho 3, 2015