GEMInIS

Franquia Transmídia, Mundos contínuos e mudanças – Comentários da aula de 08/06/2011

A última aula mostrou uma tentativa de separação entre as definições de narrativas transmidiáticas e franquias transmídia (ainda que tais conceitos sejam de certa forma cruzados e interligados a todo momento).

Foi estudado o caso do Batman, que, de sua primeira versão nos quadrinhos em 1939 surgiram uma infinidade de sequências de filmes, séries de desenhos animados, games e outros incontáveis mundos paralelos no próprio universo dos quadrinhos, devido às incongruências do estilo e da narrativa de cada autor contratado para realizar a produção de determinada obra que faz parte do “Universo Batman”. Ou seriam “Universos Batman”?

Abaixo um breve resumo e alguns vídeos que demonstram as diferenças e as incongruências narrativas e estéticas apresentadas nos produtos desenvolvidos com base na marca Batman. (Essas são apenas algumas das adaptações audiovisuais, o número de versões na franquia Batman é no mínimo duplamente maior do que a seguir apresentada)

Série de 15 episódios produzidos para o cinema (Batman – 1943)

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=7mzaTSGBN4U]

Série de de 15 episódios para o cinema (Batman and Robin – 1949) 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Osbs44KDttw]

Batman (1966-1968) – Com Adam West – Série para a TV americana, que também deu origem a filme com os mesmos atores. Estrelado por Adam West. 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=1jgE-lrfZ3k]

Batman – The Animated Series (1992 – 1995)

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=nZBQyQ0UGAo]

Batman e Batman Returns, dirigidos por Tim Burton, de 1989 e 1992, respectivamente.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=VRqa47-jv0M] [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=RKiG_9C5T8E]

Batman Forever e Batman & Robin, dirigidos por Joel Schumacher, de 1995 e 1997, respectivamente. 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=oGytaGTK7j8] [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Zc_L3ysyZGU]

Batman Begins e The Dark Knight (Batman – The Dark Knight Rises estreará em 2012), por Christopher Nolan:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=vak9ZLfhGnQ] [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=xxKJgOZXEho]

Relação das produções da Franquia Batman aqui. 

O que é uma franquia? Como tantas versões de diferentes realidades e mundos paralalelos em que o personagem Batman existem podem caracterizar uma identidade de um personagem? É necessário a presença de continuidade.

Segundo Geoffrey Long, as franquias podem começar pelos quadrinhos, que exigem menor custo, e depois se expandirem para quaisquer outras mídias que necessitam de maior investimento.

“Uma história com baixo orçamento deve começar pelos quadrinhos. A partir do momento em que a audiência é construída, ela deve se mover para uma mídia mais cara, como a televisão e os filmes.” (Geoffrey Long)
É importante ressaltar as diferenças entre uma franquia de mídia e uma franquia transmídia. Ambas possuem conteúdos distribuídos de forma rizomática, mas somente a segunda utiliza de meios digitais para tais fins:
¨Franquia de mídia pode ser definida como a produção colaborativa de conteúdos em rede, mas não necessariamente nas redes digitais, que seria uma característica especifica da franquia transmídia.
“Pode-se tentar definir a franquia de mídia como uma propriedade intelectual, cuja implantação de um mundo imaginário através de diferentes espaços de mídia através de uma série de linhas de produtos, estruturas criativas e / ou nós de distribuição é gerida ao longo do tempo.” (Derek, p. 25) 
Retomando os estudos de J.R.R. Tolkien também foi tratado do assunto de franquias transmidiáveis,  conceito diferente de franquia transmidiática, mas que pode se hibridizar e misturar com o primeiro. O esquema propõe características inerentes aos universos de uma determinada franquia (Batman, ou Superman, por exemplo), que permite que seus consumidores enxerguem características comuns, que ajudam a produzir a continuidade em um mundo, ainda que existam disparidades e incongruências. Essas características são divididas em três itens, pela autora Susana Tosca (mais detalhes neste link)
¨topos (estilo / física)
¨Mitos (eventos passados)
¨Ethos (moralidade, etc.)
A seguir, um vídeo que demonstra uma breve evolução do Batman e alguns dos atores que os interpretaram nas telas do cinema:
[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=W_YiOr6c5CQ&feature=related]
junho 10, 2011